sábado, janeiro 29, 2022
Início Saúde Presidente da Fifa publica carta sobre retorno do futebol: ‘A saúde vem...

Presidente da Fifa publica carta sobre retorno do futebol: ‘A saúde vem em primeiro lugar’

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, publicou neste sábado (6) uma carta dirigida às 211 federações-membro para falar sobre a volta do futebol após meses de paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. No texto, ele frisou a importância de serem colocadas em práticas medidas para evitar a propagação da Covid-19.

“Vocês viram as recomendações médicas que emitimos na semana passada para apoiar um roteiro para o reinício das competições, que sempre tem em mente o princípio mais importante: a saúde vem em primeiro lugar! A possibilidade que vocês têm agora de optar por cinco substituições (por jogo) tem o mesmo propósito: proteger a saúde – neste caso dos nossos jogadores”, escreveu o dirigente suíço.

A Fifa liberou, em caráter experimental, que cada time realize cinco substituições por partida, desde que haja apenas três interrupções por jogo. Cabe a cada federação nacional liberar ou não as trocas extras, que já vêm sendo vistas no Campeonato Alemão e no Campeonato Português.

“Precisamos manter a saúde pública como prioridade, sem esquecer o bem estar dos jogadores, dos dirigentes e de todos que participam de qualquer atividade futebolística”, acrescentou Infantino.

O presidente da federação internacional deixou claro que não pretende influenciar quando o futebol será retomado em cada país nem na forma como isso será feito. “A Fifa confia no julgamento que vocês, juntamente com os governos e autoridades de saúde de seus países.”

Estádios vazios?

Na Alemanha e em Portugal, que já têm bola rolando, assim como na Espanha, na Itália e na Inglaterra, onde isso está perto de acontecer, todas as partidas serão disputadas com portões fechados. No Brasil, algumas federações estudam a possibilidade de realizar os compromissos também sem público ou com um número reduzido de pessoas nas arquibancadas.

“Não esqueçamos que é preciso haver sempre um lugar para os torcedores. Futebol sem espectadores claramente não é o mesmo, mas precisamos ser pacientes ao considerar o momento certo para trazê-los de volta aos estádios. Vamos continuar trabalhando incansavelmente, mas também de forma discreta e respeitosa, para ir além dessas medidas temporárias e garantir que os torcedores sejam recebidos de volta de forma segura e responsável”, afirmou Infantino, sobre o assunto.

“Tenho o prazer de informar que também fizemos alguns bons progressos. Em consulta com diferentes partes interessadas, estamos mais próximos de apresentar uma solução equilibrada que leve em conta os desafios e necessidades de todos.”

*Com EFE

- Advertisment -

Nordeste sustenta abastecimento de eletricidade no País

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Geração dos ventos torna-se aliada contra a crise de energia do...

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Fonte eólica ganha confiança do mercado e torna-se aliada fundamental para...

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Energia eólica contribui para mitigar impactos da crise energética no Brasil

São Paulo, setembro de 2021 – A boa safra de ventos deste ano tem sido uma aliada importante para o Brasil enfrentar a severa crise...

Nordeste sustenta abastecimento de eletricidade no País

São Paulo, setembro de 2021 – A boa safra de ventos deste ano tem sido uma aliada importante para o Brasil enfrentar a severa crise...