domingo, novembro 28, 2021
Início Economia Auxílio Emergencial: Caixa paga nova parcela a 9,4 milhões de beneficiários nesta...

Auxílio Emergencial: Caixa paga nova parcela a 9,4 milhões de beneficiários nesta segunda-feira


Para beneficiários fora do Bolsa Família, saques e transferências dessas parcelas serão liberados no final de outubro. Trabalhadores do bolsa recebem parcelas de R$ 300. A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta segunda-feira (28) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 9,4 milhões de trabalhadores.
Neste grupo, estão 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS é terminado em 8. Também fazem parte 7,8 milhões de trabalhadores que estão no Cadastro Único e aqueles inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios, aniversariantes em outubro e novembro.
Veja o calendário completo de pagamentos do Auxílio Emergencial
Veja como serão os pagamentos de R$ 300 e tire dúvidas
Saiba como liberar a conta bloqueada no aplicativo Caixa Tem
Tira dúvidas sobre o Auxílio Emergencial
SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL
Para o público do Bolsa Família, a parcela paga já é a primeira referente ao Auxílio Emergencial Residual, de R$ 300. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa.
Para os demais, seguem os pagamentos de R$ 600, e a ajuda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta segunda serão liberados em datas diferentes: a partir de 20 de outubro para os aniversariantes em outubro, e de 22 de outubro para os aniversariantes em novembro (veja nos calendários mais abaixo).
VEJA QUEM RECEBE NESTA SEGUNDA-FEIRA:
1,6 milhão de trabalhadores do Bolsa Família aprovados no programa, cujo número do NIS termina em 8
7,8 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em outubro e novembro, recebem a próxima parcela:
– aprovados no primeiro lote recebem a quinta parcela;
– aprovados no segundo lote recebem a quarta parcela;
– aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a terceira;
– aprovados no quinto e sexto lotes recebem a segunda;
– aprovados no sétimo lote recebem a primeira parcela;
– aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, recebem a quinta parcela;
– aprovados em outros lotes, que receberam a primeira parcela em meses anteriores mas tiveram o pagamento reavaliado em agosto, recebem todas as parcelas restantes, até a quinta.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.
Calendários de pagamento
Veja abaixo os calendários de pagamento.
BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA
Auxílio Emergencial – Beneficiários do Bolsa Família
Economia G1
BENEFICIÁRIOS FORA DO BOLSA FAMÍLIA
Clique aqui para ver o calendário completo dos pagamentos
Auxílio emergencial: veja as mudanças em 1 minuto
VÍDEOS: as últimas notícias sobre o Auxílio Emergencial

- Advertisment -

Nordeste sustenta abastecimento de eletricidade no País

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Geração dos ventos torna-se aliada contra a crise de energia do...

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Fonte eólica ganha confiança do mercado e torna-se aliada fundamental para...

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre de 2021 São...

Energia eólica contribui para mitigar impactos da crise energética no Brasil

São Paulo, setembro de 2021 – A boa safra de ventos deste ano tem sido uma aliada importante para o Brasil enfrentar a severa crise...

Nordeste sustenta abastecimento de eletricidade no País

São Paulo, setembro de 2021 – A boa safra de ventos deste ano tem sido uma aliada importante para o Brasil enfrentar a severa crise...